Cartão Continente: a Norma da Reciprocidade em Acção

Poucos negócios são tão hábeis no uso da norma da reciprocidade como as grandes superfícies comerciais! Sejam descontos, promoções, concursos ou distribuição de amostras, qualquer ida a um destes locais levará a que qualquer consumidor se depare com inúmeras variantes do uso deste princípio de persuasão.

Um caso evidente disso é o Cartão Continente que permite aos clientes da marca usufruir de descontos na ordem dos 50% na compra de variadíssimos produtos. Claro que esses descontos não representam uma diminuição do preço do produto, mas sim a oferta de metade do valor em desconto a acumular no cartão de forma a que o cliente possa usufruir do mesmo mais tarde.

Como é óbvio, os produtos que são alvo deste tipo de promoções não são aqueles que mais saída têm, mas sim outros que necessitem de um pequeno “empurrão” para serem notados pelos clientes. A maioria desses produtos não fará parte das escolhas habituais dos clientes e, por vezes, nem representam uma necessidade, mas o facto de haver ali uma oferta leva a que a mesma seja aproveitada.

Mas o aproveitamento da norma de reciprocidade não fica por aqui. Os descontos podem ser usados na altura do pagamento ou então são enviados vales de desconto para os clientes. Estes vales representam mais uma forma de colocar a reprocidade ao uso da marca. Normalmente o desconto só terá efeito em compras superiores a um determinado montante, o que obrigará o cliente a gastar por vezes mais do que aquilo que pretende.

Apesar de isso ser evidente para qualquer pessoa, a verdade é que poucos resistem a deslocarem-se ao Continente mais próximo para usar o seu desconto. Por vezes fazendo-o mesmo quando não têm qualquer necessidade de efectuar compras.

A verdade é que quando uma marca nos está a oferecer algo sentimos a necessidade de retribuir de alguma forma, no caso efectuando compras desnecessárias ou supérfluas. Claro que ninguém irá admitir isso! Estas compras serão justificadas pelo facto de ser um desperdício não aproveitar o desconto e de que na realidade estávamos mesmo a precisar de aumentar o nosso stock de óleo alimentar em 10 garrafas, apesar de ainda na semana passada termos comprado 5!

Com isto o Continente garante não só um aumento em termos de negócio, como a satisfação dos clientes que vêem nestes descontos benesses concedidas pela marca pela sua lealdade.

Este post pertence à serie Princípios de Persuasão.

Advertisements

2 thoughts on “Cartão Continente: a Norma da Reciprocidade em Acção

  1. sofia

    ola eu tambem sou cliente do continente e nunca recebivales ja reclamei e nada acho que vou trocar de hepermecado UMA VEZ QUE OS CLIENTES NAO SAO TODOS EGUAIS . OGRIGADO

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s