Blogs Corporativos: Uma questão de Branding e não de Publicidade

Continuando o tema de ontem a respeito da falta de blogs corporativos em Portugal, penso que um outro entrave a que mais empresas entrem na blogosfera prende-se com o facto de não saberem onde um blog se encaixaria na sua estratégia de comunicação tradicional. Será que serve como mais um veículo publicitário? Ou será melhor usar um blog para responder às queixas dos consumidores? Servirá para os informar dos novos lançamentos? Não será um blog um local perfeito para aumentar as vendas online?

Na realidade, um blog pode servir para qualquer um destes propósitos e para muitos outros, o que não significa que deva ser usado para alguns. Acho que um dos principais problemas das empresas é que encaram a possibilidade de ter um blog apenas e só como mais um veículo publicitário das marcas. Do mesmo modo que a televisão, rádio ou jornais, um blog servirá sobretudo para comunicar o lançamento de novos produtos ou serviços, ou alterações efectuadas aos já existentes. E já agora, porque não efectuar vendas via blog? Esta visão redutora acabará por levar ao falhanço rotundo e, provavelmente, a uma mancha na reputação da empresa.

Os consumidores não precisam de blogs para terem conhecimento de novos lançamentos ou para comprar produtos. Para isso já têm os outros meios de comunicação e canais de venda. Um blog corporativo serve para uma empresa comunicar com os seus actuais e potenciais consumidores. Para “abrir as portas” da empresa e permitir ver o que está do outro lado, para além de produtos, serviços e assistentes de call-center. Os blogs corporativos são sobretudo mecanismos de branding! Servem para estender a mensagem das empresas, para transmitir os seus valores, para mostrarem aos seus consumidores que estão dispostos a ouvi-los e partilhar experiências com eles.

Isto não significa que uma empresa não deva aproveitar um blog para comunicar novos lançamentos, para responder a dúvidas e a críticas dos seus consumidores, ou que não tenha no blog mais uma ferramenta que permita aos consumidores aceder aos seus produtos e/ou serviços. Mas limitar-se a isto é perder a oportunidade de tirar proveito de um ferramenta extraordinária que dá às empresas a possibilidade de entrar em contacto com os seus consumidores de uma forma mais “natural” e sem intermediários. Isto partindo do pressuposto que é isso que as empresas pretendem.

4 thoughts on “Blogs Corporativos: Uma questão de Branding e não de Publicidade

  1. Miguel Albano

    Bruno,

    se me permitires, vou publicar aqui um comentário longo, devido a duas responsabilidades profissionais distintas que possuo.

    A primeira, enquanto blogger corporativo da Lift Consulting, reconheço, de facto, a ausência a timidez com que as organizações (seja na nossa área, seja em todas as outras) abordam a comunidação digital, seja nos blogs, seja noutras áreas.

    Os receios são bem conhecidos. O desconhecimento, o medo de falhar, a ausência de vontade interna, o não reconhecimento do valor acrescentado…enfim, razões para o NÃO é coisa que não faltam.

    Os blogs corporativos podem assumir inúmeras linhas editoriais. Podem ser individuais ou podem ser de grupo. Podem ser do CEO ou dos estagiários. Podem ser abstractos ou falar especificamente de um produto. Há muito por onde começar. O dilema geralmente passa pelo quem.

    Quem é que dentro das organizações quer de facto assumir a responsabilidade de «bloggar»? Mais, quem é que dentro das organizações é reconhecível enquanto blogger e lhe é alocado tempo para o fazer?

    Confesso que devo ser das poucas pessoas que é paga para bloggar (e não só, mas também). Assumimos uma estratégia para a nossa comunidação digital (que não passa apenas pelos blogs) e definimos um contexto editorial. Definimos igualmente métricas para avaliar o sucesso desta estratégia, ou não fosse isto um negócio.

    Mas além de nos entretermos com o (It’s) Not About You, estamos empenhados em partilhar experiências e demonstrar mais valias nestas novas formas de comunicar. É esse um dos principais objectivos da Lift Digital, prática de comunicação da Lift Consulting. Em todos os novos processos de new business, a temática da comunicação digital surge.

    Nalguns casos, até poderá fazer sentido pensar numa ferramenta como um blog. Noutros, nem de perto nem de longe.

    Não são todas as organizações que beneficiam de um blog. Nem são todas as organizações que têm capacidade para avançar com um.

    É no compromisso destes dois eixos de actuação que encontramos o ponto de partida.

    Posso partilhar contigo que o feedback que tinhamos no início do ano já não é o mesmo de agora. Há mais interesse. Mais vontade em aprender, escutar e apostar nas novas formas de comunicar.

    Mas as organizações são, no final do dia, nada mais que um conjunto de pessoas e o português é conhecido por não gostar de arriscar.

    Vamos lá, mas devagarinho.

    Responder
  2. Bruno Ribeiro Post author

    Miguel,

    antes de mais um pedido de desculpa na demora em responder. Quanto ao comentário, não é o tamanho que importa mas sim a qualidade!🙂

    Concordo com praticamente tudo aquilo que dizes e tocaste em alguns pontos que pretendo abordar em seguida. De facto é importante definir qual a necessidade em ter um blog porque em muitos casos não haveria muito a ganhar com isso. A questão de quem escreve o blog, que está relacionada com os temas a abordar, pode parecer um aspecto trivial mas é para mim fundamental num sucesso futuro de um blog corporativo.

    Mas se me permites, irei abordar estes tópicos ainda esta semana, pelo que de momento não me alongarei mais sobre os mesmos. Como sempre, os teus comentários serão muito apreciados.

    Abraço

    Responder
  3. Pingback: Blogs Corporativos: Valem a Pena? « Dissonância Cognitiva

  4. Pingback: Blogs Corporativos: Quem os Deve Escrever? « Dissonância Cognitiva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s