A Irracionalidade Económica da Vingança

No último post demonstrei como o comportamento humano desafia o ‘racionalismo’ rígido que lhe é atribuído pelas teorias económicas. Perante casos onde percebe haver uma injustiça na partilha monetária, os seres humanos tendem a preferir saírem prejudicados, isto é não receber nada, do que permitir que a distribuição injusta prossiga. Mas o comportamento ‘irracional’ vai um pouco mais além do que isso. A verdade é que os seres humanos estão dispostos a pagar para ver corrigida uma injustiça punindo aqueles que a cometeram.

Um estudo levado a cabo por uma equipa de investigadores suíços recorreu a uma versão do jogo do ultimato, denominado jogo da confiança, para avaliar a hipótese de que os seres humanos estariam dispostos a pagar para punir. Neste jogo foi entregue a cada jogador $10, sendo que o jogador 1 tinha de decidir se enviaria ou não o seu montante para o outro jogador. Se não enviasse o dinheiro o jogo terminaria e cada jogador ficaria com os seus $10; se enviasse o seu dinheiro para o jogador 2, os investigadores quadruplicavam o valor do ‘donativo’, isto é enviavam $40 pelo que o jogador 2 ficaria então com $50. O jogador 2 deveria então decidir se partilhava esse dinheiro com o jogador 1 enviando-lhe metade, $25, ou se ficava com os $50 para si. Normalmente isto ficaria por aqui, mas os investigadores suíços adicionaram mais uma etapa ao jogo para tornarem as coisas interessantes.

No caso do jogador 1 ter enviado o seu dinheiro para o jogador 2 e este não tivesse retribuído o gesto, ficando com os $50 só para si, era dada a possibilidade ao jogador 1 de punir o parceiro de jogo gastando parte do seu dinheiro. Em termos concretos, por cada $1 gasto pelo jogador 1 eram retirados $2 ao jogador 2. A maioria dos sujeitos que se viram nesta situação optou por punir, e de forma severa, os parceiros de jogo que tinham quebrado a norma da reciprocidade.

Mais interessante ainda foi o facto da experiência ter ocorrido com os sujeitos a serem analisados através de tomografias por emissão de positrões (PET), o que permitiu verificar que quando os sujeitos puniam alguém a zona do striatum no seu cérebro era activada. Isto é interessante porque o striatum faz parte daquilo que é conhecido como o sistema de recompensas do cérebro, isto é, a zona cerebral que é activada quando efectuamos um comportamento considerado como recompensador. Em suma, isto indica que quando as pessoas punem outros por comportamentos que consideram incorrectos, sentem um certo prazer nesse comportamento, mesmo que na realidade isso tenha alguns custos para si.

Em termos ‘racionais’, mesmo que punir o outro fosse algo que sentíssemos vontade de fazer, não faz grande sentido que as pessoas gastem o seu dinheiro, saindo financeiramente ainda mais prejudicadas, para se vingar dos outros. Mas a verdade é que é isso que acontece. E acontece com frequência e é algo de que gostamos!

Se gostou deste artigo e quer saber um pouco mais sobre o comportamento aparentemente irracional dos seres humanos, subscreva hoje o Dissonância Cognitiva para receber novos artigos no seu leitor RSS ou por e-mail.

One thought on “A Irracionalidade Económica da Vingança

  1. Marcelo Beraldi

    Esse estudo é muito legal mas tem um detalhe importante que ele deixa sem resposta: a diferença entre cenários infinitamente repetitivos e um acontecimento único. A teoria economica diz que em jogos infinitamente repetitivos existe tendencia de que os agentes economicos formem “acordos” tácitos. Nesse cenário a vingança é totalmente racional porque faz com que o jogador 2 volte a acordo. Jogos únicos a teoria diz que o ultimo jogador não compre acordo, o que comprova o que foi observado nesse experimento.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s