A Pirosice de Imitar Obama

Não precisamos de ir buscar competências aos Estados Unidos. Acho que isso é o pirosismo nacional no seu melhor.

Esta frase, bem interessante, pertence a  Agostinho Branquinho deputado do PSD e director para as campanhas eleitorais do partido. Interessante porque vem de alguém de um partido que acaba por imitar Obama na recolha de donativos online. Mas se este é o soundbite mais interessante do discurso de Branquinho, achei mais interessante a parte em que compara as realidades de Portugal e Estados Unidos:

A participação cívica nos Estados Unidos não tem nada a ver com a nossa realidade. Ao contrário de nós, os norte-americanos não ficam à espera que seja o Estado a resolver tudo.

E aqui reside uma importante distinção que as campanhas políticas nacionais terão de ter em conta: os social media podem resolver alguns dos problemas de comunicação entre partidos e eleitores, mas não são a panaceia para todos os males. Há problemas sociais e culturais que não se resolvem com mais e melhor tecnologia.

Outra coisa em que os políticos nacionais – e não só – têm de perceber é que Obama não ‘resultou’ devido à sua estratégia na web, embora esta tenha sido fundamental na sua campanha; a estratégia na web funcionou devido ao carisma, à personalidade de Obama e ao apoio incondicional de milhares de seus apoiantes. Não nasceu do nada!

One thought on “A Pirosice de Imitar Obama

  1. dpdanielparadinha

    A estratégia da WEB desenvolve uma certa simpatia entre aqueles que fazem uso da mesma para tudo e mais alguma coisa, ou seja esta nova geração de utilizadores PRO das novas tecnologias, nomeadamente informáticas. É precisamente essa geração que os partidos querem encantar.. Quem não fica simpatizando com um programa de televisão ou de rádio que permite que os seus ouvintes ou telespectadores possam dar o seu “contributo” em tempo ..VIRTUAL..mas imediato?

    Já agora desde quando é que Portugal não absorve e imita estratégias americanas? Já não bastava as imitações de programas bem sucedidos.. Já não bastava a malta tuga dos anos 80 usar carradas de roupa, especialmente t-shirts, com a bandeira os states? É tecnologia e fast-food.. precisamente o que nos distrai e o que nos sabe melhor mas também o que nos acelera a morte.

    A meu ver, a tecnologia para além de nos servir e melhorar a vida, acaba por nos prejudicar na apreciação concentrada de tudo que nos rodeia!
    Há que nos distrair dessa concentração preciosa com a tecnologia.. Usam-na para nos desviar a atenção.. então, até que ponto esta é a solução para os nossos problemas, tal como é idealizado no documentário zeitgeist addendum.

    A tecnologia resolve muitos problemas, mas cria outros, e para resolver esses outros será necessária uma nova tecnologia, e esta nova tecnologia cria outros novos problemas, e para resolver estes novos problemas será necessária outra nova…? Tecnologia!!.. Por aí fora, a tecnologia soa a economia, aliás, sem ela não seria possível, isto sem desvalorizar a capacidade humana para a criação sem intenções capitalistas.

    Sem querer carregar a tecnologia com negativismo.. Recentemente temos percebido que vai criar um novo conjunto de problemas relacionados, aos quais teremos de nos habituar, quando esta nos devia ajudar a optimizar e melhorar a nossa capacidade para resolver os problemas que já temos. Aconselho a leitura da tese “sociedade vigiada” e “Crítica das Ligações na Era da Técnica” e, claro ao “1984″… Porque explicam alguns pormenores que me parecem bastante pertinentes e de difícil entendimento, que não podem ser descritos aqui.. Ninguém está mentalizado para ler um POST com 50000 ou 100000 caracteres.. <—– Aqui está um novo problema…
    A indisponibilidade para tal coisa (ler no monitor/net) em comparação com a disponibilidade para a leitura tradicional (ler uma folha/livro).
    Concluo dizendo que seria bem melhor um partido usar métodos de comunicação mais "tradicionais" e menos tecnológicos. Costumo dizer que iremos sempre valorizar mais o que temos na mão que o que temos no espaço virtual.. E isto dava um novo assunto…

    E já agora OBAMA imitou alguém, gostava de saber quem porque tendo em conta que todos os talentos e novidades são espectaculares porque imitaram outro alguém que anteriormente não deu nas vistas o suficiente. Muitos dos melhores imitaram melhores anteriores.

    Peço desculpa se fugi ao tema..

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s