Mais 1 Erro de Manuela Ferreira Leite

Ontem escrevi aqui isto:

A oposição, nomeadamente o PSD, só se for incompetente é que não tirará proveito deste erro monumental de Sócrates para vencer as eleições.

A ida de Manuela Ferreira Leite à Madeira e o facto de ter afirmado que na ilha, sob a liderança de Alberto João Jardim, não existe asfixia democrática encaixa perfeitamente na definição de incompetência!

Era óbvio que indo à Madeira algum jornalista iria colocar a questão da asfixia democrática na ilha. Se não houvesse quem a fizesse era de suspeitar. E como é óbvio Ferreira Leite tinha uma de duas saídas: ou negava a existência de asfixia democrática na ilha e perdia credibilidade nas críticas a Sócrates, ou hostilizava Alberto João Jardim. Optou, obviamente, pela primeira solução. Foi a vez do PS esboçar um sorriso.

Apesar de mais este erro de Ferreira Leite, a verdade é que o PSD ainda pode, e deve, usar a arma da asfixia democrática contra Sócrates e o PS. Apesar de Jardim e da pressão do Governo de Santana Lopes sobre Marcelo Rebelo de Sousa (também na TVI), estes dois casos não servirão de muito para defesa de Sócrates. Só uma estratégia suicida do PS levaria a que se chamasse atenção para os mesmos para mostrar a incongruência do PSD nesta matéria. Porquê? Porque estaria a comparar Sócrates a João Jardim e a Santana! Uma associação que apenas reforçaria a ideia de ‘culpa’ de Sócrates.

Vai ser interessante ver como este caso irá ser ‘trabalhado’ pelos partidos no decorrer da eleição. Ao PS interessa que o mesma desapareça rapidamente. Já o PSD quer optimizar o seu impacto, mas tem de o fazer de uma forma que não se auto-prejudique. Nos restantes partidos, é de esperar que o CDS use o caso para garantir o seu eleitorado, enquanto que à esquerda o Bloco vai continuar indeciso entre roubar votos ao PS ou garantir uma hipótese de coligação. Já o PCP com o seu apoio a regimes totalitárias terá alguma dificuldade em encontrar credibilidade neste caso.

2 thoughts on “Mais 1 Erro de Manuela Ferreira Leite

  1. Filipe Macedo

    Creio que o caso da madeira é de todo equiparavel ao vivido em braga, e o PSD tem aí uma boa arama de arremesso contra o PS.

    Apesar de considerar a titulo pessoal que se tratam de dois casos infelizes na democracia portuguesa, do ponto de vista politico se bem explorados por ambas os partidos podem anular-se.

    Este tipo de perpetuação politica é uma vergonha democrática e apesar de Manuela e socrates afirmarem que o Mesquita M e A. João Jardim são eleitos sucessivamente com maioria, posso dizer que se na madeira se passar o mesmo que em braga, a força dos lobies consegue “undermine” a liberdade de escolha.

    O raciocinio é:” Ele vai ganhar, ganha sempre! vou colocar-me contra ele em publico? O melhor é ficar calado que tenho um negócio ou licensa de construção a espera de aprovação, nem voto porque nao adianta de nada…”

    Voltando, tanto Socrates como a Outra senhora (lol) têm armas democraticamente asfixiantes para se anularem caso a coisa vá por aí.

    O que é certo, é que ambos têm o rabo preso.

    Responder

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s