O Poder dos Seios na Publicidade

Os seios humanos cativam atenções! Seja homem ou mulher, raramente alguém fica indiferente ao peito feminino. O poder que os seios têm sobre a atenção humano, e o fascínio que provocam tornam-nos “armas” de ataque à nossa atenção. Não é por acaso que são usados frequentemente no meio publicitário: quando tudo o resto falha, a solução passa por colocar uma modelo de bikini a promover um produto (mais sobre isto aqui).

Caso prático: anúncio da Perrier com Dita von Teese

O foco deste anúncio é única e simplesmente Dita von Teese e o seu comportamento lascivo. O grande destaque os seus seios. Será que isso vai levar mais pessoas a comprar água Perrier? O consumidor comum talvez não, mas o público-alvo deste anúncio (homem, classe alta/média-alta, que gosta de parecer sofisticado) irá criar uma atitude positiva para com a marca que poderá no acto de compra ser suficiente para a escolher. Quantos atribuirão essa escolha aos seios de Dita von Teese? Provavelmente nenhum! E o mais certo é que estejam a falar verdade por não terem noção de que são influenciados pelo peito de uma modelo.

Anúncios

5 thoughts on “O Poder dos Seios na Publicidade

  1. cjt

    bruno: estás a esquecer duas coisas.
    a primeira, é que a dita von teese não é SÓ modelo. os consumidores masculinos de perrier sabem-no e, se motivação houver pelo anúncio, não será a da sua actividade como modelo (ou principalmente) 🙂
    a segunda, é que existe aqui um apelo às consumidoras: a publicidade já não faz ‘querer ter’, faz ‘querer ser’ – diz a dona arminda «se eu beber perrier ainda fico com um par de mamas daqueles».

    abraço.

    Responder
    1. Bruno Ribeiro Post author

      Carlos, não me esqueci de nenhuma delas. No primeiro caso, a última frase tinha por objectivo ser mais geral e não referir-se exclusivamente ao caso em concreto da Dita von Teese. Depois da tua observação e de uma leitura mais pausada da frase, percebo que assim não transparece.

      No segundo caso, não se tratou de um esquecimento propriamente dito, mas sim de uma negligência voluntária. Em todo o caso bem apontado.

      Abraço

      Responder
  2. Pingback: Tweets that mention O Poder dos Seios na Publicidade « Dissonância Cognitiva -- Topsy.com

  3. Pingback: Seios: A Parte do Corpo das Mulheres para Onde os Homens Mais Olham | Dissonância Cognitiva

  4. Pingback: Uma Bebida que desafia os Consumidores a não olhar para os Seios de uma Modelo | Dissonância Cognitiva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s