Vamos ver o Batman? Ao Cinema? Não, no Facebook

A Warner Brothers lançou um serviço experimental de aluguer e visualização de filmes no Facebook. Através de uma aplicação dedicada, os utilizadores poderão alugar filmes da empresa durante 48 horas e vê-los através do Facebook. O custo do aluguer é de 30 créditos do Facebook (aproximadamente $3). De momento esta funcionalidade está apenas disponível a utilizadores residentes nos EUA. O filme “Batman: The Dark Knight” de Christopher Nolan foi o escolhido para a experiência.

Será interessante ver se a experiência pega e ver qual a sua evolução. Com cerca de 600 milhões de utilizadores o “mercado Facebook” é gigantesco e com um elevado potencial de viralidade. No caso de “The Dark Knight”, a página oficial do filme é seguida por quase 4 milhões de utilizadores, o que representa uma receita potencial de $12.000.000! Obviamente que nem todos os utilizadores que “gostam” de um determinado filme irão querer vê-lo via Facebook – existem várias limitações técnicas, sendo a principal a velocidade de acesso. No entanto, até ao momento, a aplicação que permite alugar o filme tem 41.722 utilizadores activos no mês. Se cada um desses utilizadores representar um aluguer, estamos a falar de uma receita de $125.166 em poucos dias.

Enquanto visualizam o filme os utilizadores poderão efectuar várias acções no Facebook, como comentar o filme, interagir com amigos ou fazer um update ao seu status, aumentando a divulgação da aplicação e o potencial de receita da mesma. Resta saber se a Warner Brothers irá manter a lógica de uma aplicação por filme, caso avance para uma solução mais massiva. Adicionar uma nova aplicação a um perfil do Facebook apenas para ver mais um filme é algo que não me parece prático do ponto de vista do utilizador. Provavelmente a solução passará por uma aplicação global que dará acesso ao utilizador ao catálogo de filmes do distribuidor.

Um outro pormenor que será importante para o sucesso desta iniciativa será a data de lançamento de novos filmes no Facebook. Não será conveniente que a mesma coincida com a estreia em cinema, nem com lançamentos de DVD ou Blu-Ray de forma a não canibalizar receitas. Por outro lado, um excesso de demora na sua disponibilização poderá resultar em esquecimento e potenciar a procura via outros meios (leia-se pirataria). Não será fácil coordenar datas a nível global uma vez que cada mercado tem o seu ritmo próprio. A altura ideal de lançamento seria na semana seguinte a um filme deixar as salas de cinema, mas esta uma discussão que carece de dados práticos.

O pioneirismo da Warner irá certamente levar a que outros distribuidores sigam o exemplo e ofereçam as suas próprias soluções. Quem irá sair a perder em caso de sucesso são os “middlemen” como o Netflix, que correm o risco de se tornarem irrelevantes.

Advertisements

One thought on “Vamos ver o Batman? Ao Cinema? Não, no Facebook

  1. Pingback: Facebook com Papel Principal na Promoção de Filmes da Warner Brothers | Dissonância Cognitiva

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s