Comida Sem Cor = Comida Sem Gosto

O NY Times publicou no início deste mês uma interessante notícia sobre as tentativas de banir o uso de corantes artificiais de produtos alimentares e sobre o impacto que as cores dos produtos têm sobre o gosto dos mesmos; ou melhor, sobre como o nosso cérebro interpreta o sabor dos alimentos consoante as cores. Logo no ínicio é dado o exemplo de como os snacks Cheetos eram vistos como pouco atraentes ao nível do sabor quando no seu estado “natural”, sem a adição do corante que lhe dá o reconhecido tom laranja.

Destaco a seguinte passagem de uma notícia que vale a pena ler:

“Color is such a crucial part of the eating experience that banning dyes would take much of the pleasure out of life,” said Kantha Shelke, a food chemist and spokeswoman for the Institute of Food Technologists. “Would we really want to ban everything when only a small percentage of us are sensitive?” Indeed, color often defines flavor in taste tests. When tasteless yellow coloring is added to vanilla pudding, consumers say it tastes like banana or lemon pudding. And when mango or lemon flavoring is added to white pudding, most consumers say that it tastes like vanilla pudding. Color creates a psychological expectation for a certain flavor that is often impossible to dislodge, Dr. Shelke said.

Podem ler o original no seguinte link: Colorless Food? We Blanch

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s