Taças de Fruta Coloridas Para Combater a Obesidade Infantil

A obesidade é um dos problemas de saúde mais prementes nas sociedades ocidentais, de tal forma que já se vai falando em “epidemia” quando ainda recentemente nem como “doença” era vista. Mais preocupante ainda é o aumento progressivo da obesidade infantil, o que tem levado à criação de vários programas nos EUA que visam promover a melhoria dos hábitos alimentares em ambiente escolar, baseando-se para tal nos princípios da economia comportamental.

De acordo com esses princípios, todas as tentativas de modificação do comportamento das pessoas no sentido de as levar a assumir estilos de vida e tomar decisões mais saudáveis – quer do ponto de vista da saúde quer do ponto de vista financeiro – deverão obedecer a uma lógica de não forçar a escolha limitando a liberdade das pessoas. A ideia passa por “guiar” as decisões através de pequenas alterações no ambiente ou nas circunstâncias sob as quais as decisões são tomadas, tornando determinadas opções – consideradas como mais positivas – mais atractivas mas sem no entanto as impor.

Um dos problemas normalmente colocado pelas direcções das escolas é o de como aumentar o consumo de frutas nas cantinas escolares. Analisando a disposição da cantina de uma escola nos EUA, investigadores da Universidade de Cornell repararam que o posicionamento e modo de apresentação das peças de fruta poderia estar na origem do menor consumo das mesmas por parte dos alunos. Seguindo uma prática comum à grande maioria das escolas, nesta cantina as peças de fruta eram colocadas em disposição num recipiente metálico ao lado de um outro recipiente repleto de snacks, tais como chocolates e batatas fritas. Confrontados directamente com a escolha entre uma opção mais saudável mas menos apelativa, e uma outra rica em calorias e açúcar mas visualmente mais atraente, a grande maioria dos alunos preferia comprar um snack.

A solução encontrada para este problema foi extremamente simples e pouco dispendiosa: alterar o posicionamento dos snacks de forma a que não entrasse em competição directa com a fruta (movendo-os para uma posição menos acessível), e passar a apresentar as peças de fruta em taças coloridas capazes de chamar mais a atenção dos alunos. Como resultado, o consumo de fruta aumentou 104% após estas alterações.

Não sendo obviamente uma resposta definitiva à problemática da obesidade infantil, este tipo de iniciativas ajudam as pessoas a tomar decisões mais saudáveis e equilibradas e poderão contribuir decisivamente para uma melhoria na qualidade de vida de todos.

Imagem: Ume, by JanneM

Anúncios

One thought on “Taças de Fruta Coloridas Para Combater a Obesidade Infantil

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s