Eu Só Queria Iogurte

A ânsia de satisfazer todas as necessidades dos clientes leva as marcas a desenvolver e lançar várias variantes de um produto de forma a cobrir todos os segmentos de mercado. Em poucas categorias isso é mais evidente do que no caso dos iogurtes. Longe vai o tempo da simplicidade de escolha baseada em três critérios simples: marca, preço e aroma (sendo que este último critério nem sempre estava presente).

Hoje em dia enfrentar as arcas frigoríficas dos supermercados é ter os sentidos inundados com uma panóplia de estímulos, cada um a “gritar” mais alto pela nossa atenção. Hoje definem-se iogurtes não só pelos 3 critérios acima mencionados mas também se tem ou não pedaços, com ou sem bífidus, magro ou normal, se queremos mistura de aromas, se o pack tem 3 ou 4 variedades diferentes (incluindo aquela que ninguém quer), qual a etnia do iogurte…

Há categorias de produtos que “exigem” reflexão e comparação de benefícios. Os iogurtes não são uma delas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s